Notícias

O projeto na voz deles

Veja alguns depoimentos sobre o CEEB

Entrei no primeiro ano e agora estou no 4º ano. Gosto do jeito de ensinar daqui em que a gente aprende brincando. A professora me diz que sou bom com palavras. Ela disse que sou muito bom nisso. Hoje gosto de ler. Gosto mais dos livros grandes, das histórias reais que aconteceram no passado. Meu comportamento é o que mais mudou desde que entrei. Antes, eu ficava com muita raiva, mas estou melhorando. A professora chama, conversa, conta histórias e isso vai acalmando a gente. (Gabriel, aluno)

 

Toda manhã, lemos uma história e conversamos sobre ela. Às vezes, a professora passa atividades que envolvem uma disciplina com a outra. Tem geografia com história, história com ciências. Eu acho que a gente aprende mais com essas matérias juntas. (Evellyn Leal, aluna)

 

Meu neto, o Tiago, se desenvolveu muito rápido no CEEB. Ele é muito novo e está falando inglês! Já ensina a irmã a fazer o dever. (Antonia Flora, avó de aluno).

 

O que o Gabriel tem aprendido na escola tem deixado a gente surpreso. (…) A gente aprende a ver com outros olhos o cuidado que eles têm com nossos filhos. (…) Somos uma família: escola, pais e alunos. (Odair Reis – pai de aluno)

 

O público que o CEEB atende é de crianças carentes, crianças necessitadas também de afeto, carinho, atenção muitas vezes. Eu acho que o CEEB é uma instituição que tem um grande compromisso com essas crianças. E o CEEB também me ensinou a escutar mais, a perceber o quanto ainda aprendo. Ser é educador é um trabalho árduo, porém muito gratificante. Ser educador é uma profissão ousada. (Magdalena, professora)

Deixe seu Comentário